JF Diório/Estadão
JF Diório/Estadão

Confira prévia das quartas de final da Copa do Brasil

Mata-mata poderá ter dois clássicos regionais nas semifinais

Caio Spechoto, Especial para o Estado

30 de setembro de 2015 | 07h00

Nesta semana serão definidos os semifinalistas da Copa do Brasil de 2015. Dois confrontos das quartas de final ainda estão em aberto, enquanto outros correm menos risco de apresentar surpresas. Dependendo dos resultados, na próxima fase pode haver dois clássicos regionais, um paulista, entre Santos e São Paulo, e outro gaúcho, com Grêmio e Internacional. Veja as características do times envolvidos nessas decisões. Quem passar ficará bem próximo da Libertadores de 2016. 

VASCO X SÃO PAULO

Nessa quarta-feira, o São Paulo vai ao Maracanã com a classificação para a semifinal praticamente encaminhada depois dos 3 a 0 que fez em cima do Vasco na semana passada. Além da vantagem em gols, os resultados do torneio até agora talvez tranquilizem ainda mais o torcedor são-paulino: nenhum time conseguiu reverter derrota por 3 a 0 no primeiro jogo. Apesar disso, o meia Paulo Henrique Ganso fez questão de dizer que nada está ganho. Em entrevista no CT da Barra Funda, ele salientou a importância do gol fora de casa. "É muito bom ter feito esse resultado na primeira partida, é uma ótima vantagem. Mas temos de ir conscientes porque temos de matar de vez o Vasco." O tricolor vai ter como principal desfalque o atacante Rogério, que não pode jogar por ter disputado fases anteriores dessa edição da Copa do Brasil pelo Vitória.

O Vasco, por outro lado, está sob forte pressão no Campeonato Brasileiro. Embora esteja em boa fase, com quatro vitórias nas últimas cinco rodadas, ainda é o vice-lanterna. Além disso, o técnico Jorginho confirmou que poupará alguns jogadores. Deve jogar com um time misto. Mas o torcedor vascaíno que gosta de uma superstição pode se apegar ao que aconteceu na temporada passada. Em 2014, em duas oportunidades um time perdeu na ida por 3 a 0 e virou na volta, e essas duas viradas aconteceram no Maracanã. Na terceira fase, o Fluminense levou 5 a 2 do América de Natal depois de abrir vantagem fora de casa, e caiu por causa do gol qualificado. Nas oitavas, o Flamengo devolveu ao Coritiba o placar do primeiro jogo e passou nos pênaltis. 

SANTOS X FIGUEIRENSE

Na semana passada o Santos foi a Florianópolis e conquistou uma vitória simples, com gol de Gabriel. Além da vantagem no placar e de decidir diante de sua torcida no Pacaembu, quinta, às 22h, ainda conta a favor do Santos o momento dos times. Enquanto a equipe da Vila Belmiro está em ascensão no Nacional, atualmente na quinta colocação, os catarinenses fizeram apenas dois pontos nas últimas sete rodadas e se afundaram na zona de rebaixamento. Porém, o maior destaque do time do litoral paulista no ano, o meia Lucas Lima, foi vetado pelo departamento médico. Ele se recupera de um estiramento na parte posterior da coxa direita. 

O técnico do Figueirense, Hudson Coutinho, efetivado no cargo há menos de dez dias a pedido do elenco, escondeu o jogo no último treinamento e só permitiu a presença de jornalistas por pouco mais de dez minutos. É possível que ele opte por escalar um time misto. O Figueirense já avançou na Copa do Brasil além das expectativas e está correndo sério risco de cair para a Série B, ocupando atualmente a 18ª posição. Independentemente da escolha de Coutinho, há uma leve dúvida sobre o goleiro Alex Muralha, que teve indisposição nesta terça e não treinou com o grupo. Caso ele realmente não esteja apto para o jogo, deve ser substituído por Felipe, ex-Corinthians e Flamengo

PALMEIRAS X INTERNACIONAL 

A outra chave tem confrontos mais imprevisíveis. Atual 4º colocado no Brasileirão, o Palmeiras recebe o Internacional no Allianz Parque, às 22h, uma semana depois de empatar em Porto Alegre por 1 a 1. O técnico palmeirense, Marcelo Oliveira, não contou com o lateral direito Lucas nem com o meia Robinho no treino desta terça, mas os dois devem estar à disposição para o jogo. Zé Roberto, que tinha ficado fora da partida contra o São Paulo no fim de semana, provavelmente voltará à equipe, assim como Dudu. O volante Thiago Santos, por outro lado, fica fora por já ter disputado esta edição da Copa do Brasil pelo América-MG. Leandro Almeida e Alecsandro estão na mesma situação, com Coritiba e Flamengo, respectivamente. Um empate sem gols é suficiente para classificar o time alviverde. Se o jogo terminar 1 a 1, a decisão será nos pênaltis.

O Inter precisa de um empate com dois ou mais gols ou uma vitória qualquer. Para alcançar esse objetivo, o técnico Argel Fucks disse que vai preparar "algo diferente", e resolveu fechar o treinamento desta terça aos jornalistas pela primeira vez em seus quase dois meses de Internacional. Alex e Rodrigo Dourado não estiveram em campo na derrota para o Santos no último domingo, mas terão condições de jogo. Lisandro López volta de lesão e deve entrar no lugar de Vitinho, que cumpre suspensão. Rafael Moura também estará disponível. Andres D'Alessandro e Eduardo Sasha estão machucados e ficam fora. Inconstante, o time gaúcho ocupa a 8ª posição na tabela do nacional. 

GRÊMIO X FLUMINENSE

Grêmio e Fluminense decidem na Arena quem avança também nesta quarta-feira, às 22h. A ida, no Maracanã, terminou 0 a 0. Os gaúchos precisam de uma vitória por qualquer placar, enquanto um empate com gols classifica o tricolor carioca e sem gols leva a decisão para os pênaltis. A primeira hora do treino comandado pelo técnico gremista, Roger Machado, também foi fechada à imprensa. No entanto, ele confirmou que o volante Maicon está fora da partida, assim como zagueiro Pedro Geromel. Outra dúvida é no ataque, já que o então titular Bobô foi preterido por Pedro Rocha na última rodada do Brasileirão, diante do Avaí.

As notícias do Fluminense vêm mais de fora de campo. A promessa Gustavo Scarpa, que deve jogar contra o Grêmio, renovou seu contrato até 2019. Caminho totalmente contrário ao de Ronaldinho Gaúcho, cujo vínculo foi rescindido nesta segunda-feira. Apesar de a diretoria do Flu defender que o jogador deu o retorno de marketing esperado, em campo foi muito mal e sua substituição por Marcos Júnior, principal candidato a assumir a vaga nesta quarta, não deve ter impacto negativo na parte técnica da equipe. Apesar de vir de vitória contra o Goiás no Campeonato Brasileiro, o Fluminense conquistou apenas quatro dos últimos 15 pontos disputados e ocupa a 12º colocação, enquanto o Grêmio está em terceiro com seis pontos a mais que o quarto colocado Palmeiras. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.