Agência Corinthians
Agência Corinthians

Primeira reunião do Corinthians com Ralf termina em impasse

Jogador quer um novo contrato de dois anos, mas clube pretende que vínculo seja por apenas mais um ano

O Estado de S. Paulo

12 de novembro de 2015 | 07h00

A renovação do volante Ralf com o Corinthians continua em impasse. Na primeira reunião para acerto do novo vínculo com a diretoria alvinegra não houve uma convergência significativa de propostas, mas o clube se mostra otimista em contar com o jogador para a próxima temporada.

O meio-campista tem vínculo até o fim do Campeonato Brasileiro e gostaria de renovar por mais duas temporadas no mínimo, mas o clube prefere metade desse tempo, ou seja, até o fim de 2016. "Tenho o desejo de permanecer. Queria no mínimo mais dois anos, mas nada impede que seja mais um ano desde que seja uma coisa boa para as duas partes", disse recentemente o volante.

Outro entrave na negociação é que o Corinthians tem uma dívida de quase R$ 3 milhões com os empresários do atleta. O montante é referente a seis parcelas de 245 mil euros para aquisição de 32,5% dos direitos que pertenciam aos empresários. Isso foi acertado em 2012, mas quando o clube parou de pagar, os agentes entraram na Justiça.

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCorinthiansRalf

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.