Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Primeira reunião entre Grêmio e Renato Gaúcho termina sem acordo por renovação

Negociações entre dirigentes do clube e estafe do treinador devem prosseguir nesta quarta-feira

Estadão Conteúdo

20 de dezembro de 2017 | 10h46

O técnico Renato Gaúcho e a diretoria do Grêmio ainda não chegaram a um acordo pela renovação do contrato do treinador. Os dirigentes do clube e os representantes de Renato se reuniram na noite desta terça-feira para negociar, mas, sem uma palavra final, uma nova reunião deve acontecer nesta quarta.

+ Barrios agradece torcida e se despede: 'Levarei o Grêmio onde for'

+ Após vice no Mundial, Grêmio renova contrato do zagueiro Kannemann

A prioridade do clube e a do treinador é renovar. Dentro do Grêmio há o entendimento de que um ciclo vitorioso foi iniciado com as conquistas da Copa do Brasil em 2016 e da Copa Libertadores deste ano. Além disso, há a identificação do técnico com a torcida e com o clube, onde foi ídolo também como jogador.

Por parte do técnico, apesar de ter recebido propostas de times de São Paulo e do Rio de Janeiro - e também de fora do país para atuar na China e nos Emirados Árabes Unidos -, Renato deseja um desfecho rápido para a questão.

O atual campeão da Libertadores tem um orçamento limitado para 2018, mas deseja incluir os gastos com o valorizado treinador. Outro ponto em discussão é o aluguel de uma casa para o treinador, que mora em um hotel em Porto Alegre desde que voltou ao Grêmio, há 15 meses.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGrêmioRenato Gaúcho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.