Primeira técnica do futebol masculino estreia perdendo

Apesar do tropeço, técnica mostra confiança para os próximos jogos. 'Ninguém poderá ignorar o Clermont nesta temporada', garante

Estadão Conteúdo

04 de agosto de 2014 | 18h25

Corinne Diacre tornou-se, nesta segunda-feira, a primeira mulher que se tem notícia a comandar um time profissional da elite do futebol. A francesa estreou no comando do Clermont, pela segunda divisão da França, numa derrota por 2 a 1 para o Brest, fora de casa, na abertura da competição.

"Nunca é bom perder, claro, mas os jogadores do Brest aturam muito bem. Nós cometemos alguns erros que permitiram a eles marcar dois gols. Nós fizemos boas coisas também, o que é um sinal do futuro. Ninguém poderá ignorar o Clermont nesta temporada", disse ela, após a partida.

O Clermont havia anunciado que Helena Costa seria a primeira técnica mulher a treinar um time masculino. Mas a portuguesa desistiu do projeto depois de reclamar que seus colegas se afastaram dela depois que a treinadora estampar diversos anúncios publicitários.

Diacre, ex-capitã da seleção da França, seleção pela qual fez 121 jogos, foi chamada para o lugar da portuguesa. Antes dela, a única treinadora conhecida havia sido Carolina Morace, que treinou por dois jogos o Viterbese, na semi-amadora terceira divisão da Itália, em 1999.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.