Santos FC
Santos FC

Primeiro clássico do Paulistão testará ataques de Santos e São Paulo

Times têm mostrado um futebol ofensivo no campeonato

Paulo Favero, O Estado de S. Paulo

15 Fevereiro 2017 | 07h00

O primeiro clássico do Campeonato Paulista, nesta quarta-feira, às 21h45, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, tem tudo para ser bastante movimentado e repleto de alternativas no ataque. Santos e São Paulo se enfrentam com torcida única do time da casa e muita expectativa, pois já mostraram na competição que estão com um bom poder de fogo. Tanto que as duas equipes estão entre as que mais fizeram gols neste início de Estadual.

Desde a chegada do agora técnico Rogério Ceni, o São Paulo tem procurado jogar para frente, marcando por pressão os seus adversários e sempre em busca do gol. Foi assim contra a Ponte Preta e o treinador não deve mudar o estilo mesmo atuando na Vila Belmiro. Já seu rival, comandando por Dorival Junior, vem mostrando um jogo envolvente e ofensivo há tempos.

“O Santos tem um time rápido, como costuma ser, de jogadores leves, mas quando é marcado sob pressão às vezes não consegue jogar. É um clássico que nunca joguei lá, sei que será difícil e espero que seja 1 a 0 e a gente ganhe. Vamos focados para isso. O importante é a vitória”, comentou o atacante Gilberto, que fez três gols contra a Ponte Preta, na última rodada.

“Já fiz dois gols no Santos, quando atuava pela Portuguesa. Não sei se dá para repetir isso, é oportunidade. Se vier e eu tiver a felicidade de fazer, as coisas vão acontecer naturalmente. O que a gente quer é ganhar. Entro em campo para isso, que é o mais importante”, continuou o atacante são-paulino.

Ele espera ser mantido no time titular, mesmo ciente de que Rogério Ceni tem alternado a equipe para não desgastar muito seus atletas. “Eu quero estar em todos os jogos, mas mexer no time é um coisa normal. Já vivi isso fora, entendo muito bem, o Rogério está fazendo da melhor forma possível e está certo em relação a isso. Ele tem um elenco qualificado e precisa fazer com que os jogadores se motivem jogando”.

Como tem sido costume desde o início das competições, Rogério Ceni tem realizado treinos táticos fechados e costuma manter a escalação em segredo. Mas é provável que o argentino Buffarini volte ao time, pois acabou ficando fora contra a Ponte Preta.

No Santos, a principal dúvida é em relação à presença de Lucas Lima na equipe. O meia não treinou nesta terça-feira e pode não ter condições de estar em campo. Se não jogar, Bruno Henrique entra em seu lugar. O volante Renato, por sua vez, está com um estiramento na panturrilha e não vai jogar.

No gol, Vladimir continua na equipe enquanto Vanderlei se recupera de uma fratura no dedo. Para o goleiro, o time não pode mudar o estilo. “Se trata de um clássico e merece todo tipo de atenção. Eu não posso ficar muito preocupado porque é nosso estilo jogar para frente. Nós, lá atrás, tentamos deixar tudo organizado para não sofrermos contra-ataques e sermos surpreendidos”, afirmou.

FICHA TÉCNICA

SANTOS x SÃO PAULO

SANTOS - Vladimir; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Yuri e Zeca; Leandro Donizete, Thiago Maia e Lucas Lima;

Vitor Bueno, Rodrigão e Copete.

Técnico: Dorival Júnior.

SÃO PAULO - Sidão; Bruno, Maicon, Rodrigo Caio e Buffarini; João Schmidt, Thiago Mendes e Cícero; Luiz Araújo, Gilberto e Cueva.

Técnico: Rogério Ceni.

ÁRBITRO - Vinícius Gonçalves Araújo.

HORÁRIO - 21h45.

LOCAL - Vila Belmiro, em Santos (SP).

AO VIVO - www.estadao.com.br/e/classico

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.