Rafael Arbex/Estadão
Rafael Arbex/Estadão

Primeiro projeto de Andrés é instituir o Dia do Corinthians

Deputado federal quer transformar o dia 1º de setembro em data oficial do time do qual é o atual superintendente de futebol

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

24 de fevereiro de 2015 | 15h11

O deputado federal Andrés Sanchez (PT/SP), que também é ex-presidente e atual superintendente de futebol do Corinthians, apresentou à Câmara dos Deputados seu primeiro projeto: transformar o dia 1º de setembro no "Dia do Corinthians" em todo o território nacional. O projeto, assinado em conjunto com o deputado Goulart (PSD/SP), deverá ser apresentado ao presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), para ser votado, mas não há prazo definido para o trâmite.

Eleito no ano passado com 169.834 pelo Partido dos Trabalhadores de São Paulo, Andrés assinou o documento que diz, em um de seus trechos. "A história do Corinthians se funde com a própria história do esporte brasileiro e de sua sociedade, já que o Clube foi fundado por um grupo de operários e foi o primeiro clube de futebol paulista a aceitar jogadores pobres, além de ser o segundo no Brasil a aceitar atletas negros. Portanto a história do Corinthians, e sua contribuição para a sociedade brasileira, é muito maior do que simplesmente o jogo de futebol". 

Os deputados lembram que a cidade de São Paulo já instituiu o Dia do Torcedor Corintiano em 23 de abril, de acordo com a lei municipal 14399 de 18 de maio de 2007. 


No final do documento, que conta resumidamente a história do Corinthians, Andrés escreve. "Por todo o exposto, contamos com o apoio dos Nobres Pares desta Casa para a aprovação do Projeto de Lei em tela, que homenageia, em sentido amplo, a própria história do esporte brasileiro". 

Veja íntegra do projeto: 

PROJETO DE LEI Nº , DE 2015

(Dos Srs. Goulart e Andres Sanchez)

Institui o Dia do Corinthians.

O CONGRESSO NACIONAL decreta:

Art. 1º Fica instituído o Dia do Corinthians, a ser comemorado, anualmente, no dia 1° (primeiro) de setembro.

Art. 2º Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

JUSTIFICATIVA A história do Corinthians é antiga e começou no ano 1910. O Sport Club Corinthians Paulista não é apenas um clube de futebol, mas, sim, um clube multiesportivo brasileiro que foi fundado na cidade de São Paulo.

O termo "Corinthian" era utilizado na Inglaterra no início do século XIX. Ele era aplicado aos cavalheiros e nobres que patrocinavam esportes. Quem sugeriu esse nome para o novo clube foi Joaquim Ambrósio, um dos fundadores.

O nome foi inspirado no clube inglês Corinthian Team, que, em 1910, fez uma excursão ao Brasil e estreou goleando o carioca Fluminense por 10 x 1.

Um grupo de funcionários da São Paulo Railway ficou tão impressionado com a atuação dos ingleses que resolveu dar ao clube que fundariam mais tarde o nome de Sport Club Corinthians Paulista. Um dos fundadores queria que o time se chamasse Santos Dumont Futebol Clube; outro, Carlos Gomes.

No dia 23 de abril, Dia de São Jorge, a cidade de São Paulo comemora o Dia do Torcedor Corinthiano. A lei municipal nº 14.399, oriunda do projeto 233/03, de 18 de maio do ano de 2007, instituiu o Dia do Torcedor Corinthiano, na data do Santo Padroeiro do Clube. A história do Corinthians se funde com a própria história do esporte brasileiro e de sua sociedade, já que o Clube foi fundado por um grupo de operários e foi o primeiro clube de futebol paulista a aceitar jogadores pobres, além de ser o segundo no Brasil a aceitar atletas negros. Portanto a história do Corinthians, e sua contribuição para a sociedade brasileira, é muito maior do que simplesmente o jogo de futebol. Por todo o exposto, contamos com o apoio dos Nobres Pares desta Casa para a aprovação do Projeto de Lei em tela, que homenageia, em sentido amplo, a própria história do esporte brasileiro.

Sala das Sessões, em de fevereiro de 2015.

Deputado GOULART (PSD/SP)

Deputado ANDRES SANCHEZ (PT/SP)


Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCorinthiansAndrés

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.