Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Primeiro reforço de nova gestão vascaína, Werley celebra jogar a Libertadores

Zagueiro de 29 anos iniciou a carreira no Atlético-MG e esteve no Coritiba na última temporada

Estadão Conteúdo

26 Janeiro 2018 | 19h50

Anunciado como reforço do Vasco na última quinta-feira, o zagueiro Werley foi apresentado nesta sexta e celebrou a oportunidade de atuar por um dos principais clubes do futebol nacional. Ele destacou o peso de ter sido a primeira contratação da nova diretoria da equipe, agora presidida por Alexandre Campello, e celebrou a oportunidade de fazer parte do grupo que vai disputar a Copa Libertadores a partir da próxima quarta-feira, quando o time vai ao Chile enfrentar o Universidad de Concepción, pela fase preliminar.

+Zé Ricardo diz que Vasco conta com Nenê e confirma jogador para pegar o Flamengo

"Queria agradecer ao vice-presidente de futebol, ao presidente, ao nosso treinador, pela confiança e pelo convite de representar um clube gigante, conhecido mundialmente. Por eu ser o primeiro reforço da gestão, acho que a responsabilidade vai crescer. Que eu possa fazer meu trabalho da melhor maneira possível. Fiz um grande ano em 2017, individualmente. Sinto-me muito bem fisicamente, minha vida pessoal está muito bem. É a oportunidade que eu queria, que eu pedi a Deus. E veio o Vasco, um clube gigante, numa Libertadores, um grande treinador", disse.

Werley treinou nesta sexta no CT de Vargem Grande e teve o primeiro contato mais direto com o técnico Zé Ricardo. "Conversei com o Zé, ele disse que procurou saber informações sobre a minha pessoa. Tudo que ele falou para mim me deixou muito feliz. Me senti valorizado. Isso te dá uma confiança muito grande. Sei da responsabilidade", afirmou o jogador, que estava no Coritiba.

O zagueiro também exibiu confiança na nova gestão do Vasco, que tem Fred Lopes como vice-presidente de futebol, com quem ele negociou diretamente a sua transferência, assegurando ter recebido garantias de que os compromissos firmados serão cumpridos, mesmo que o time venha sofrendo com problemas financeiros.

"Meu contato direto foi o Fred Lopes. Quando cheguei, a primeira coisa falada foi isso, que a intenção deles é colocar tudo em dia. No meio do futebol tem que ter confiança no nosso chefe. Conversei com alguns jogadores, e todos falaram muito bem. Tenho certeza que isso não vai ser um problema. A diretoria vai nos dar suporte para que venhamos a desempenhar nossa qualidade", comentou.

Werley assinou um contrato com o clube até o final de 2019. E ele chega para um setor que já contava com os zagueiros Breno, Ricardo Graça, Erazo e Luis Gustavo. O clube, porém, perdeu recentemente Anderson Martins, que foi titular em 2017 e se transferiu para o São Paulo. O zagueiro, de 29 anos, iniciou a sua carreira no Atlético Mineiro. Ele também já atuou por dois times do futebol carioca - América e Boavista -, além de Grêmio, Santos, Figueirense e Coritiba.

Mais conteúdo sobre:
Werley Vasco Zé Ricardo

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.