Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Primeiro treino de Éverton Ribeiro no Flamengo é marcado por protestos da torcida

Jogadores foram hostilizados e tiveram os carros cercados

O Estado de S.Paulo

09 de junho de 2017 | 20h10

O primeiro treino do meia Éverton Ribeiro, novo camisa 7 do time, no Flamengo foi marcado por protestos da torcida na entrada do Ninho do Urubu. Jogadores foram hostilizados e tiveram os carros cercados por dezenas de torcedores na chegada ao centro de treinamento.

O zagueiro Juan, um dos mais experiente do elenco, defendeu o direito da torcida de exprimir a insatisfação com o desempenho do time na temporada - no Brasileirão, a equipe tem apenas uma vitória e ocupa a 14ª colocação - mas se posicionou contrário ao uso de violência contra atletas e comissão técnica do clube.

"Conversamos sobre o protesto. Ninguém foi agredido, até algum tumulto com a entrada dos carros, mas a torcida tem o direito de criticar, amam o clube também, é um clube amado por todos. É um direito deles. Desde que não passe dos limites".

Juan revelou que teve pouco contato com o novo contratado, mas demonstrou ansiedade por tê-lo integrado ao grupo. "É prática do clube, quando alguém chega, fazer várias avaliações até estar apto para ir a campo. Ele esta neste período. Nossos contatos foram rápidos, quando ele chegou o time estava viajando e agora domingo já temos outro jogo fora. Na semana que vem, provavelmente teremos um contato maior. O mais rápido possível estará junto com a gente", projetou Juan.

Éverton Ribeiro fez exames clínicos, nesta sexta, e já participou do treino junto com o grupo comandado pelo técnico Zé Ricardo. O meia fez exercícios físicos ao lado de Diego na academia de musculação do CT e correu em volta do gramado. O clube flamenguista ainda não confirma a data da estreia do meia.

O colombiano Berrío, Thiago Santos e o argentino Donatti, que se recuperam de lesão, fizeram trabalho com bola no gramado do Ninho do Urubu, mas continuam fora do time e ainda sem previsão de retorno.

O argentino Darío Conca participou do treino tático, que foi fechado à imprensa, e poderá estrear pelo clube no próximo compromisso que o Flamengo terá no Brasileirão, no domingo, às 16 horas, na Ressacada, em Florianópolis, contra o Avaí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.