Massimo Pinca / Reuters
Massimo Pinca / Reuters

Principais campeonatos nacionais da Europa têm os seus campeões definidos. Veja lista

Portugal, Espanha, Itália, Alemanha, França e Inglaterra têm domínio dos clubes mais ricos do mundo

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de maio de 2019 | 12h02

Todos os principais campeonatos nacionais da Europa já têm os seus campeões definidos. Em Portugal, o Benfica conquistou no fim de semana o seu 37.º título nacional. Foi a quinta conquista do Benfica nas últimas seis temporadas. Na Espanha, o Barcelona já havia conquistado o título com três rodadas de antecedência. Na Itália, a Juventus superou a eliminação traumática na Liga dos Campeões e conquistou o octacampeonato consecutivo, um feito inédito na Europa. Situação semelhante ocorreu na Alemanha, com o Bayern de Munique, que também caiu na Liga dos Campeões, mas  se sagrou campeão da Bundesliga pelo sétimo ano consecutivo e pela 29.ª vez em sua história no último sábado.

Na França, o Paris Saint-Germain foi campeão nacional sem entrar em campo. Ainda na 33.ª rodada, Toulouse e Lille empataram por 0 a 0 e, com o resultado, o PSG garantiu matematicamente a taça. Após uma intensa disputa com o Liverpool, o Manchester City conquistou o título na Inglaterra O time de Pep Guardiola ainda faturou no último sábado a Copa da Inglaterra e entrou para a história como a primeira equipe do futebol inglês a conquistar os três títulos nacionais na mesma temporada. Além da Copa da Inglaterra e da Premier League, o City já havia conquistado a Copa da Liga Inglesa.

Confira a situação dos principais campeonatos da Europa:

Itália

Com a Juventus já campeã, a briga agora é por vagas nas competições europeias. O Milan venceu por 2 a 0 o já rebaixado Frosinone (19.º) e assumiu a quinta colocação do Campeonato Italiano, com chances ainda de se classificar para a próxima Liga dos Campeões, enquanto a Roma garantiu vaga na Liga Europa. No próximo fim de semana, será disputada a última rodada do Campeonato Italiano. Apesar do título, a Juventus anunciou que o técnico Massimiliano Allegri não vai comandar a equipe na próxima temporada. Allegri, de 51 anos, foi treinador do time em cinco temporadas com um balanço espetacular: cinco títulos da liga, quatro Copas da Itália, duas Supercopas nacionais e duas finais de Liga dos Campeões.

Espanha

O Barcelona encerrou a 38.ª e última rodada do Campeonato Espanhol com um empate por 2 a 2 diante do Eibar (12.º), com direito a dois gols de Lionel Messi, que se aproximou da Bota de Ouro da temporada europeia. Com 36 gols ao fim da competição, Messi soma quatro de vantagem sobre seu principal concorrente pelo prêmio individual, o francês Kylian Mbappé, do PSG. O Barça fechará oficialmente sua temporada no sábado, quando tentará conquistar a dobradinha nacional na final da Copa do Rei contra o Valencia, no estádio Benito Villamarín, em Sevilla. Já o Real Madrid terminou a temporada decepcionante, sem títulos, na terceira posição no Espanhol. O segundo colocado foi o Atlético de Madrid. Na quarta posição ficou o Valencia, que se classificou para a próxima Liga dos Campeões.

Inglaterra

O Manchester City conquistou a sua segunda Premier League consecutiva, depois de uma dura luta com o Liverpool até a última rodada. Apenas um ponto separou as duas equipes na classificação final (98 a 97). O Liverpool, em contrapartida, está na decisão da Liga dos Campeões, dia 1.° de junho em Madri, diante do Tottenham. 

Alemanha

O Bayern de Munique continua dominando o Campeonato Alemão e faturou o sétimo título consecutivo. O time ainda terá a chance de conquistar um segundo título nacional, já que no sábado jogará a final da Copa da Alemanha contra o RB Leipzig, em Berlim. O jogo pode ser o último do atacante polonês Robert Lewandowski pela equipe, que recebeu propostas de Paris Saint-Germain e Manchester United. O técnico croata Niko Kovac também deixar o clube.

França

O Paris Saint-Germain enfrenta na última rodada do Campeonato Francês o Reims, na próxima sexta-feira. A partida vale muito apenas para Kylian Mbappé. O atacante precisará de uma atuação de gala para tirar de Messi o prêmio de artilheiro continental na temporada, troféu que o argentino já conquistou seis vezes na carreira. O francês marcou 32 gols, contra 36 de Messi. Neymar não estará em campo porque cumpre suspensão por agredir um torcedor.

Portugal

O Benfica manteve a supremacia no país, com o maior número de conquistas nacionais. Já são 37 taças. O título veio no sábado, após goleada contra o Santa Clara por 4 a 1, no Estádio da Luz, em Lisboa. Na sequência vem o Porto, com 28 títulos, segundo clube mais vencedor do Campeonato Português, seguido pelos 18 troféus do Sporting.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.