Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Principal atacante corintiano no ano, Boselli ainda busca se firmar como titular

Tiago Nunes pode implantar rodízio no setor ofensivo do Corinthians nas próximas rodadas do Campeonato Paulista

Redação, Estadão Conteúdo

01 de março de 2020 | 20h21

Principal atacante do Corinthians na temporada, o atacante Mauro Boselli ainda não tem vaga garantida no time titular. Segundo o técnico Tiago Nunes, um rodízio no ataque poderá ser feito nas próximas rodadas do Campeonato Paulista. Boselli começou como reserva na última partida diante do Santo André, na quarta-feira, entrou e fez o gol de empate na Arena Corinthians.

"Boselli entrou, foi bem, mas independentemente da circunstância, foi titular até aqui, mas não garante que será titular todos os jogos no ano. Tudo implica na escolha do treinador", disse o técnico.

O camisa 17 marcou seis gols e deu duas assistências do total de 12 gols marcados pelo time alvinegro. Com os cinco gols marcados no Paulistão, o argentino já superou os dois últimos artilheiros do Corinthians no torneio. Ele está à frente de Gustavo e Danilo Avelar, artilheiros do time no Paulistão de 2019, e de Rodriguinho, meia que fez quatro gols e se tornou o goleador no título de 2018.

Boselli chegou ao Corinthians em 2019 após boas temporadas no León, do México. Em 221 partidas, ele marcou 130 gols em cinco temporadas. No geral, Boselli tem 59 jogos e 17 gols pelo Corinthians. Ele é o quinto maior artilheiro estrangeiro do clube. Tem contrato até o fim da temporada. Muitos torcedores questionam o treinador em deixá-lo no banco.

Nas próximas partidas, as boas atuações do argentino podem ser importantes. O time terá adversários difíceis e outros em busca de ascensão. Após nove dias de descanso e treinos no CT Joaquim Grava, a equipe vai enfrentar o Novorizontino, fora de casa, no próximo dia 7. O clube de Novorizonte está invicto e ocupa a quinta colocação geral do Estadual, com 11 pontos. O time estaria classificado para as quartas de final se estivesse em qualquer um dos outros grupos do Paulistão. O jogo seguinte será diante do Ituano, em Itaquera. A equipe é a lanterna do Grupo C.

Após o jogo diante do Ituano, o Corinthians terá um confronto decisivo: o clássico com o Palmeiras, na Arena, marcado para o dia 22 de março. O rival corintiano está na vice-liderança no geral, com 17 pontos, atrás somente do Santo André. O último jogo da fase classificatória será diante do Oeste, dono da pior campanha até agora no Campeonato Paulista, com quatro pontos. O Corinthians não fica fora da fase decisiva do torneio desde 2014.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.