Janaína Ribeiro/AAN
Janaína Ribeiro/AAN

Principal organizada do Guarani exige saída de dirigente e cobra presidente

Dirigente Anailson Neves foi o maior alvo de nota oficial publicada pela Torcida Fúria Independente

Redação, Estadão Conteúdo

02 de setembro de 2020 | 18h13

A Torcida Fúria Independente (TFI), principal torcida organizada do Guarani, está revoltada com a situação que vive o clube, tanto do ponto de vista administrativo quanto dos resultados dentro de campo, na Série B do Campeonato Brasileiro.

Depois da saída do técnico Thiago Carpini, que fez graves acusações veladas ao dirigente Anailson Neves, integrante do Conselho de Administração, a TFI emitiu nesta quarta-feira uma nota oficial pedindo a saída do dirigente.

A torcida também teceu críticas a Felipe Roseli, outro membro do Conselho de Administração, e a Marcelo Galli, presidente do Conselho Deliberativo. "Presidente, o Sr. foi avisado várias vezes antes das eleições que não aceitaríamos a presença do ANAILSON NEVES e do FELIPE ROSELI no conselho de administração. Os motivos todos já estão cansados de saber. Esse CA já nasceu rachado, todos sabem", completou.

A crise interna tem afetado diretamente dentro de campo. Não à toa, o clube aparece na 16ª colocação da Série B do Brasileiro, com quatro pontos, podendo parar na zona de rebaixamento ao final da rodada. O time vem de um empate por 1 a 1 com o Oeste, no Brinco de Ouro da Princesa.

"Pare de dar entrevistas falando que o elenco é excelente! Você sabe que não é, ou não entende nada de futebol. Esqueça o que aconteceu ano passado, aquilo acontece de 20 em 20 anos, foi um milagre e um trabalho muito bem feito pelo Thiago Carpini que tirou leite de pedra! Favor contratar urgente! Mas com critério, jogadores que venham pra somar, chega de pé de rato", registrou a organizada, em comunicado.

Depois do empate em casa por 1 a 1 com o Oeste, o time de Campinas volta a campo no próximo sábado, às 19 horas, quando vai enfrentar o Operário, em Ponta Grossa(PR), pela oitava rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.