Morris Mac Matzen/Reuters - 7/7/2011
Morris Mac Matzen/Reuters - 7/7/2011

Prinz anuncia aposentadoria do futebol aos 33 anos

Alemã, eleita 3 vezes melhor do mundo, resolveu largar os gramados

AE, Agência Estado

12 de agosto de 2011 | 08h40

FRANKFURT - A alemã Birgit Prinz anunciou nesta sexta-feira a sua aposentadoria do futebol após conquistar dois títulos da Copa do Mundo e ser campeã europeia cinco vezes pela sua seleção. A agora ex-jogadora, de 33 anos, havia decidido não jogar mais pela seleção da Alemanha após a queda nas quartas de final da Copa do Mundo Feminina de Futebol para o Japão neste ano.

"O tempo chegou para mim e vou terminar a minha carreira como jogadora de futebol depois de 25 anos", disse Prinz, que estava no FFC Frankfurt desde 2002. "Esta não é uma decisão fácil, porque jogar futebol sempre foi uma grande paixão. Mas agora parece ser o momento certo".

Prinz tornou-se um símbolo do futebol feminino alemão, disputando 214 partidas pela seleção, com 128 gols marcados, e liderando a equipe na conquista dos títulos das Copas do Mundo de 2003 e 2007. Assim, ela conseguiu levantar o status do futebol feminino em seu país, como Mia Hamm fez nos Estados Unidos.

No entanto, Prinz não conseguiu repetir neste ano o desempenho que a consagrou e se tornou reserva da seleção da Alemanha, o que levou ao surgimento de especulações sobre sua aposentadoria, que se confirmaram nesta sexta-feira.

Eleita a melhor jogadora do mundo pela Fifa em 2003, 2004 e 2005, Prinz foi sucedida na premiação por Marta. A alemã e a brasileira são as maiores artilheiras da história da Copa do Mundo Feminina de Futebol, com 14 gols cada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBirgit Prinzaposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.