Problemas não desanimam Picerni

O Palmeiras só tem uma opção neste sábado, diante do Corinthians, se quiser passar para a final do Campeonato Paulista: vencer. O favoritismo dado pelos próprios torcedores é para o time de Parque São Jorge, que jogará pelo empate e ainda contará com a volta do atacante Gil. Os palmeirenses, além da desvantagem, ainda não terão nenhum zagueiro para compor a defesa, fato que motivou o técnico Jair Picerni a fazer brincadeiras após a reapresentação do grupo, nesta quinta-feira, na Academia de Futebol. ?Vamos para o Guinness Book (Livro dos Recordes) por ser o primeiro time do mundo a atuar sem zagueiro.? Mesmo assim, o treinador resolveu remar contra a maré e adotou um discurso bastante otimista. ?Não tem isso de favoritismo para o Corinthians, não?, afirmou. ?O Corinthians tem uma grande equipe, mas não era para a gente ter tomado aquele sufoco nos 45 minutos finais do clássico?, completou, fazendo referência ao empate por 2 a 2 de quarta-feira, pelo primeiro confronto da semifinal. Picerni vem conversando bastante com o grupo a fim de conscientizar cada jogador da importância do clássico deste sábado. De acordo com o comandante palmeirense, a chegada à final, ainda mais eliminando o rival Corinthians, seria a ?reabilitação completa? para o time que, em 2002, foi rebaixado para a Segunda Divisão do Brasileiro. ?Mas, se não passarmos desta fase, de nada terá adiantado o que fizemos até agora.? O Palmeiras terá, no entanto, de resolver seus próprios problemas antes de encarar o inimigo. Os zagueiros Índio e Leonardo receberam o terceiro cartão amarelo na quarta-feira e cumprirão suspensão. Gustavo, Dênis e Glauber, os outros defensores do elenco, estão machucados. Picerni, portanto, não tem nenhum jogador da posição para escalar no clássico. ?Podemos até revolucionar o futebol mundial, acho que nenhuma equipe do futebol mundial atuou sem zagueiro até hoje?, exagerou Picerni, que anda esbanjando bom humor. Claudecir retorna à equipe e pode jogar improvisado na defesa. Outras alternativas são os volantes Adãozinho e Corrêa e o lateral-esquerdo Everaldo. Magrão, que fraturou dois dedos da mão esquerda, tem possibilidades remotíssimas de participar do jogo. Alceu também ficará fora, pois se juntará à seleção sub-20. Por isso, é possível que o meia Pedrinho ganhe uma posição entre os 11 titulares. Picerni, pela primeira vez desde que chegou ao Palestra Itália, faz mistério e não diz quem utilizará. ?Ainda tenho tempo para decidir quem vai jogar.? A vantagem de pôr Claudecir na zaga é que contará com um atleta alto para o setor, que não conseguiu neutralizar as jogadas aéreas do Corinthians. Os dois gols do adversário foram de cabeça. O volante mostrou seu potencial no jogo aéreo durante o Campeonato Paulista, ao marcar três gols de cabeça. ?Estou preparado para jogar na zaga, já atuei assim no São Caetano, no Noroeste.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.