Processo de expulsão de Dualib está na reta final

Ex-comandante coritiano pode deixar o clube até março; Nesi Curi também está perto da expulsão

Cosme Rímoli, Jornal da Tarde

05 de janeiro de 2008 | 10h07

O processo de expulsão de Alberto Dualib e de Nesi Curi, que foram, respectivamente, presidente e vice-presidente do Corinthians até o ano passado, está perto do seu final. A comissão que analisava tudo de errado que aconteceu na administração da dupla já chegou à conclusão de que os dois deverão ser expurgados do clube.   Tanto Dualib como Nesi Curi terão o direito de se defender diante do Conselho Deliberativo do Corinthians. Mas há grande dúvida entre os conselheiros de que ambos tenham coragem de voltar ao Parque São Jorge. Ainda mais agora que o time foi rebaixado para a Série B do Brasileiro.   Assim, se eles não se defenderem, ainda neste primeiro trimestre deverão ser expulsos do Corinthians.

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.