Procurador diz que Keirrison ainda precisa de tempo no Benfica

Em quatro partidas pelo Português, atacante ainda não marcou nenhum gol e começa a sofrer desconfiança

EFE,

24 de setembro de 2009 | 14h02

Após participar de quatro partidas no Campeonato Português (uma como titular) e não balançar as redes, o atacante Keirrison começa a preocupar os torcedores do Benfica, mas seu empresário tenta tranquilizá-los, ao afirmar que os gols sairão "em breve".

 

Anahori Malaquias, agente do jogador, disse à rádio portuguesa Antena 1 que Keirrison "precisa de um pouco mais de tempo para fazer os gols que costumava marcar no Brasil".

 

Além disso, lembrou que o ex-jogador de Coritiba e Palmeiras chegou ao Benfica depois que os concorrentes a uma vaga de titular, como o português Nuno Gomes, o paraguaio Oscar Cardozo, o argentino Javier Saviola e o brasileiro Weldon.

 

Malaquias, no entanto, garantiu que o atacante não teve problemas para se adaptar à nova equipe. "Keirrison foi muito bem recebido. Está em um clube de altíssimo nível e sente que está progredindo muito. Por isso, está feliz", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.