Arquivo/AE
Arquivo/AE

Procurador pede inquérito para apurar denúncia do Fla

A procuradoria do STJD tomou a medida depois de receber ofício do presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF, Sergio Correa

Silvio Barsetti, Agência Estado

16 de agosto de 2011 | 17h18

RIO - O procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Paulo Schmitt, encaminhou na tarde desta terça-feira à presidência do STJD pedido de instauração de inquérito para apurar as denúncias de atletas do Flamengo de que eles teriam sido ameaçados pelo árbitro Heber Roberto Lopes durante o jogo do time carioca contra o Figueirense, no último domingo, em Florianópolis, pelo Brasileirão.

Com a instauração do inquérito, serão intimados a comparecer ao STJD Heber Roberto Lopes e atletas do Flamengo envolvidos na polêmica, notadamente Ronaldinho Gaúcho, que fez a denúncia das supostas ameaças do árbitro.

A procuradoria do STJD tomou a medida depois de receber ofício do presidente da Comissão Nacional de Arbitragem da CBF, Sergio Correa, no qual o dirigente relatava a repercussão do incidente na imprensa e sugeria ao tribunal a apuração do caso. O próprio Flamengo fez um protesto formal contra o comportamento do árbitro.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCBFFlamengoSTJD

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.