Mindaugas Kulbis| AP
Mindaugas Kulbis| AP

Procurador pede prisão do técnico da Itália por manipulação

Antonio Conte sofre problema um dia após ser anunciado no Chelsea

Estadão Conteúdo

05 de abril de 2016 | 09h56

Um dia após ser anunciado como treinador do Chelsea, Antonio Conte foi informado de que poderá enfrentar novos problemas com a Justiça italiana. Nesta terça-feira, o procurador Roberto Di Martino formalizou pedido de prisão de seis meses, com suspensão do cumprimento da pena, e multa de 8 mil euros para o treinador, que atualmente comanda a seleção da Itália.

Di Martino acusa Conte de participar de manipulação de resultados no futebol nacional. O treinador teria participado de esquema que beneficiou o Siena, time que então comandava, na temporada 2010/2011. O jogo investigado pelo procurador é a vitória sobre o Albinoleffe por 1 a 0, disputado em maio de 2011. Conte negou qualquer irregularidade.

O treinador já sofreu punição devido a este caso. Na temporada 2012/2013, ele cumpriu suspensão de quatro meses nos gramados, já sob o comanda Juventus, por ter deixado de denunciar manipulação de resultados quando estava no Siena. Uma decisão judicial deve ser anunciada até a metade de maio.

Tricampeão italiano no comando da Juventus, Conte treinará a seleção somente até o fim da Eurocopa, em julho. Depois, assumirá como técnico do Chelsea, que confirmou o acerto nesta segunda-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.