Procuradoria do STJD recorre de absolvição de Edinho

A Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) anunciou que recorreu do resultado do julgamento do volante Edinho na semana passada. O meio-campista do Internacional foi absolvido pela expulsão no clássico com o Grêmio no dia 28 de setembro. A data do novo julgamento ainda não foi definida. Edinho foi expulso do duelo gaúcho depois de se envolver em confusão com o meia Tcheco. Por conta disso, foi denunciado por infração ao artigo 253 (praticar agressão física) do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê suspensão de 120 a 540 dias. No entanto, foi absolvido.De acordo com a Procuradoria, a Comissão Disciplinar deveria ter desclassificado a infração de Edinho para o artigo 255 (Praticar ato de hostilidade contra adversário ou companheiro de equipe), ou até mesmo para o 254 (Praticar jogada violenta) do CBJD, pois a atitude de Edinho teria causado problemas ao confronto entre Internacional e Grêmio.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.