Projeto cria boleiros na Febem

Escalação do time que enfrentou os juvenis da Portuguesa na quarta-feira à tarde: T.C, S.A, A.R, E.V e J.M. na defesa. O meio tinha M.V.M, F.S., J.A. e J.A. A dupla de ataque era formada por J.C. e R.D. O placar final foi uma derrota por 4 a 2, mas a partida que os internos da Unidade de Internação Rio Negro da Febem de Franco da Rocha fizeram significou mais. Os garotos de 15 a 17 anos tiveram por um momento a chance de sonhar com um futuro, de deixar de aparecer nos jornais apenas com suas iniciais e de esquecer o passado que os levou até ali. Eles fazem parte de um projeto da Unidade de Internação 25 da Febem que tenta usar o esporte para voltar a socializar os menores. O trabalho deve ser estendido para outras unidades, mas desde já dá resultados. Dois dos internos passaram em peneiras do Força Esporte Clube, time da Força Sindical, e devem disputar os campeonatos paulistas das categorias de base previstos para o segundo semestre.Leia a íntegra no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.