Amanda Perobelli/Estadão
Amanda Perobelli/Estadão

Projeto de arena será mostrado ao Conselho do clube

Três empresas cuidam da concepção de um novo estádio

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

30 de abril de 2017 | 07h00

A Ponte contratou três empresas para cuidar do projeto de uma nova arena. O estudo será apresentado em 30 dias para o Conselho Deliberativo do clube. “Um grupo multidisciplinar está preparando um projeto arquitetônico e operacional alinhado ao modelo de negócios”, diz Carlos de la Corte, responsável pelo estudo de arquitetura. 

O arquiteto diz que o estádio terá um formato inovador de gestão, diferente da Arena Corinthians (clube destina renda para o financiamento) e do Allianz Parque (uso foi cedido à construtora por 30 anos), mas não revela a capacidade do novo estádio, que será construído na área do CT do clube, no Jardim Eulina, em Campinas. “A arena será precursora de uma nova fase na construção de ativos esportivos de entretenimento no Brasil”, diz Corte. 

Com a nova arena, a Ponte quer alcançar um patamar elevado no cenário nacional. O destino do Majestoso ainda não está definido. Os torcedores também estão sendo ouvidos. Uma pesquisa eletrônica com cinco mil ponte-pretanos do Brasil todo está em desenvolvimento para colher os desejos e opiniões da torcida sobre a nova casa da Ponte.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.