Projeto de Felipão é voltar à seleção

Luiz Felipe Scolari chega apressado à sala da Polícia Federal no Aeroporto Internacional de Guarulhos, às 19h15 da sexta-feira, dia 22. Vinha de Portugal, escala em São Paulo, até Porto Alegre. Ali, entre os federais, recebeu a reportagem do Jornal da Tarde para uma hora de revelações exclusivas até a hora de partir para o Sul. A maioria delas, bombásticas. ?Essa história de que a Seleção Brasileira morreu para mim, só porque fui campeão mundial, não existe. Jamais vou dizer não para a Seleção.? Foi a primeira de impacto.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.