Projeto move veterano Sávio após chegada ao Avaí

O meia-atacante Sávio, de 35 anos, foi apresentado na última quarta-feira como novo reforço do Avaí e agora pretende provar que ainda tem futebol para brilhar como outros veteranos estão conseguindo fazer no futebol brasileiro.

AE, Agencia Estado

07 de janeiro de 2010 | 12h03

Revelado pelo Flamengo em 1992, Sávio depois passou por Real Madrid, Bordeaux, Zaragoza, Levante-ESP, Desportiva-ES e Anorthosis, do Chipre, o seu último clube. Agora no Avaí, ele justificou os motivos que o fizeram aceitar a proposta da equipe catarinense.

"Tive duas propostas de fora do país e um (outro) clube do Brasil também me procurou, mas o projeto apresentado pelo Avaí, somado com a credibilidade de sua diretoria, fez com que hoje (quarta-feira) eu esteja aqui vestindo esta camisa", ressaltou Sávio, em entrevista publicada pelo site oficial do clube.

Sávio seguiu junto com o elenco do Avaí para a cidade de Gramado (RS), onde a equipe fará a sua pré-temporada até o dia 18 de janeiro. Aprovado nos exames físicos e médicos, o jogador lembrou que o Estádio da Ressacada, onde ele foi apresentado como reforço, em Florianópolis, traz boas recordações para ele.

"É curioso. Minha estreia na seleção brasileira foi aqui na Ressacada, no mesmo jogo em que o Ronaldo fez seu primeiro gol com a camisa da seleção. Já meu segundo jogo foi quando o Flamengo enfrentou o Grêmio, em uma partida realizada também em Florianópolis", lembrou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAvaíSávio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.