Promessa pode ocupar vaga de Edílson

Ao contrário do que muitos esperavam, a diretoria do Cruzeiro anunciou que não vai prometer nenhuma grande contratação para substituir o atacante Edílson, que acertou sua ida para a equipe japonesa do Kashiwa Reysol. O anúncio da transferência foi feito na segunda-feira. A diretoria cruzeirense acredita nas categorias de base do clube, que tem como destaque o armador Léo, 21 anos, que vem treinando entre os profissionais e pode ser o substituto de Edílson. Ainda esta semana, a equipe mineira deve arrecadar US$ 2,25 milhões ? US$ 1,75 milhão, referente à primeira parte da venda do argentino Sorín à Lazio, e US$ 500 mil relacionados à liberação de Edílson ao Kashiwa Reysol. A diretoria do Cruzeiro já contratou para a Copa dos Campeões e Campeonato Brasileiro, o lateral-esquerdo Leandro, junto ao Vitória-BA, e o atacante Lucas, emprestado pelo Rennes, da França.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.