Promotor Capez ameaça os baderneiros

Os torcedores corintianos que entraram em confronto com a Polícia Militar correm o risco de receber a mesma punição aplicada a alguns palmeirenses. Os que forem identificados não poderão assistir a jogos do Corinthians nos estádios durante um ano. A promessa é do promotor do Ministério Público de São Paulo, Fernando Capez.?Quem for identificado terá de se apresentar, durante um ano, a uma delegacia de polícia na hora do jogo. Os que não aceitarem a proposta vão ser processados criminalmente e ficarão com antecedentes criminais?, afirmou o promotor. Os torcedores que invadiram o campo também estarão sujeitos à pena.Recentemente, integrantes da Mancha Alviverde e TUP (Torcida Uniformizada do Palmeiras) aceitaram a proposta de não comparecer a jogos da equipe por um ano para evitar a abertura de processo criminal. Capez propôs também que a partir de agora, nos clássicos paulistas apenas a torcida do clube mandante possa entrar.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.