Promovido, Thomas Schneider assume time do Stuttgart

Poucas horas depois de anunciar a demissão do técnico Bruno Labbadia, o Stuttgart confirmou oficialmente, nesta segunda-feira, a promoção de Thomas Schneider a substituto para o cargo. O comandante de 40 anos de idade estava dirigindo a equipe juvenil do clube e agora terá a chance de provar o seu valor no time principal.

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2013 | 11h17

Schneider ocupará o lugar do treinador que foi demitido um dia após a derrota por 2 a 1 para o Augsburg, que deixou o time na penúltima posição do Campeonato Alemão, ainda sem ter pontuado após a disputa de três rodadas. Para completar, Labbadia amargou uma derrota por 2 a 1 para o HNK Rijeka, da Croácia, fora de casa, no jogo de ida da última fase preliminar da Liga Europa.

Ex-jogador do Stuttgart, Schneider comemorou a sua promoção e destacou: "Fico feliz de poder assumir esse desafio e estou cheio de confiança". Ele assinou um novo contrato para comandar a equipe principal do time por dois anos, sendo que nunca dirigiu um time profissional até aqui em sua carreira.

Schneider vestiu a camisa do Stuttgart 133 vezes como jogador e se sagrou campeão alemão pelo clube em 1992, sendo que também faturou a Copa da Alemanha em 1997. Sob o comando do seu ex-jogador, o clube vai lutar por uma vaga na fase de grupos da Liga Europa nesta quinta-feira, quando receberá o HNK Rijeka e tentará reverter a vantagem do time croata.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolStuttgartThomas Schneider

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.