Ivan Milutinovic / Reuters
Ivan Milutinovic / Reuters

Prosinecki é anunciado e assume o comando da seleção da Bósnia

Novo técnico tem com principal desafio classificar a equipe pra Eurocopa de 2020

Estadão Conteúdo

04 Janeiro 2018 | 12h50

Após fracassar na tentativa de se classificar para a Copa do Mundo, a seleção da Bósnia-Herzegovina tem novo técnico. A federação de futebol nacional anunciou nesta quinta-feira a contratação do ex-jogador croata Robert Prosinecki, de 49 anos, para o cargo.

+ Luan e Tite são eleitos os melhores da América em 2017

+ José Pekermán: ele faz a Colômbia voltar a sonhar

Prosinecki vai suceder Mehmed Bazdarevic, que dirigiu a equipe entre 2015 e 2017. Sob o seu comando, a seleção da Bósnia até faturou a Copa Kirin em 2016. Porém, caiu na repescagem das Eliminatórias da Eurocopa de 2016 e ficou apenas na terceira posição na sua chave nas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia.

À frente da Bósnia, Prosinecki tentará ajudar a equipe a obter sua vaga na Eurocopa de 2020, além de comandar a seleção na recém-criada Liga das Nações. A sua estreia será no fim de janeiro, quando a equipe fará amistosos contra os Estados Unidos, no dia 28, e o México, no dia 31, ambos em solo norte-americano.

Prosinecki foi um habilidoso meia e um dos principais nomes do futebol europeu nos anos 1990, tendo participado das Copas do Mundo de 1990, pela Iugoslávia, e de 1998 e de 2002, pela Croácia. Ele também passagem por diversos clubes, como o Estrela Vermelha, o Barcelona e o Real Madrid.

Como técnico, Prosinecki comandou o Estrela Vermelha, o turco Kayserispor e a seleção do Azerbaijão. Agora, então, vai dirigir a Bósnia, que ocupa a 37ª colocação no ranking da Fifa.

Mais conteúdo sobre:
futebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.