Rubens Chiri / São Paulo
Rubens Chiri / São Paulo

Protegido por Sidão, São Paulo defende liderança contra o Ceará

Goleiro perdeu apenas uma vez quando jogou como mandante desde que chegou ao clube, no ano passado

Renan Cacioli, O Estado de S. Paulo

25 Agosto 2018 | 21h00

Líder do Campeonato Brasileiro , o São Paulo leva a campo na manhã de domingo, às 11h, contra o Ceará, pela 21.ª rodada, não apenas sua invencibilidade no Morumbi nesta edição do torneio como também o ótimo desempenho do goleiro Sidão como mandante desde que chegou ao clube, em 2017: em 30 jogos, venceu 18, empatou 11 e perdeu só um.

"Fico feliz com esses números. São dados a meu favor e isso me ajuda a continuar trabalhando humildemente para permanecer como titular da equipe", afirmou o jogador. 

A única derrota aconteceu no Campeonato Paulista deste ano, para o Santos (1 a 0), em partida na qual os donos da casa foram superiores durante todo o tempo, mas acabaram sofrendo um gol de Gabriel.

Apesar do retrospecto favorável, Sidão sabe que não pode relaxar. Mesmo entre a torcida tricolor, o jogador ainda é visto com desconfiança. Basta uma reposição de bola errada para as cornetas soarem no Morumbi: "Não dá para ficar tranquilo. Essa camisa tem um peso muito grande. Tenho de estar sempre provando. Não dá para entrar na zona de conforto, não vai acrescentar nada pra mim".

Como chegam as equipes?

Com 42 pontos, o São Paulo viu o Internacional encostar na rodada anterior e chegar a 41. Por isso, vencer em casa será fundamental à equipe dirigida por Diego Aguirre, que vem de um empate (1 a 1) com o Paraná, na última quarta-feira.

Do outro lado, o Ceará parece estar renascendo após a pausa no calendário para a Copa do Mundo. Apesar de ainda estar nas últimas posições da tabela, não perde há cinco partidas. Dos sete jogos disputados depois da retomada, ganhou três. O técnico Lisca só tem um desfalque: o lateral-direito Samuel Xavier, expulso contra o Vasco, dará lugar a Fabinho.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO: Sidão; Bruno Peres, Arboleda, Anderson Martins e Reinaldo; Jucilei, Luan (Araruna) e Nenê; Rojas, Everton e Diego Souza. Técnico: Diego Aguirre.

CEARÁ: Éverson; Fabinho, Tiago Alves, Luiz Otávio e João Lucas; Richardson, Edinho, Ricardinho e Calyson; Arthur e Leandro Carvalho. Técnico: Lisca.

Juiz: Wagner Reway (MT).

Local: Morumbi.

Horário: 11h.

Na TV: Pay-per-view.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.