Geogi Licovski/EFE
Geogi Licovski/EFE

Provável novo titular da Inglaterra, Rashford prevê duelo físico contra o Panamá

Para o jogador do Manchester United, esse estilo de jogo favorece a seleção inglesa

Estadão Conteúdo

22 Junho 2018 | 12h50

Atacante da Inglaterra que deve iniciar a partida contra o Panamá, às 9 horas (de Brasília) deste domingo, em Nijni Novgorod, Marcus Rashford acredita que o confronto da Copa do Mundo vai ter muitos embates físicos no meio de campo. Para o jogador, esse estilo de jogo favorece a seleção inglesa.

+ Dele Alli fica fora de treino e segue como dúvida na seleção inglesa

+ Técnico inglês, Southgate desloca o ombro e brinca: 'Melhor eu que os jogadores'

"As partidas que a gente joga toda semana na Premier League são, normalmente, muito físicas. É algo que os torcedores e os jogadores gostam. Houve um número alto de faltas no centro do campo contra a Tunísia e tenho certeza que contra o Panamá vai ser parecido, eles vão tentar dificultar muito para a gente", analisou o atleta do Manchester United em entrevista ao jornal The Guardian, publicada nesta quarta-feira.

O nome de Rashford como titular apareceu em anotações do auxiliar técnico Steve Holland, conforme revelou vídeo do tabloide The Sun. A imagem ampliada do papel que o assistente mostrava que Ruben Loftus-Cheek deve substituir o meia Delle Ali, machucado, enquanto Rashford substituiria Raheem Sterling, por opção.

 

Titular na vitória por 2 a 1 da Inglaterra sobre a Tunísia, na segunda-feira, em Volgogrado, Sterling recebeu o apoio do meio-campista Jordan Henderson. "Eu vejo o que ele já fez pela Inglaterra, com ritmo para acelerar e ligar as jogadas. É um grande jogador para nós e uma ameaça para o adversário. Ele trabalha duro e está acostumado com as críticas, lida muito bem com isso", disse o volante na edição do Guardian desta quinta-feira.

Com três pontos ganhos após um jogo no Grupo G, a Inglaterra vai enfrentar o Panamá e depois terminará participação na primeira fase do Mundial contra a Bélgica, às 15 horas (de Brasília) da próxima quinta-feira, em Kaliningrado.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.