Próximos jogos são um campeonato à parte para o Santos, diz Dorival

Nas próximas quatro partidas do Campeonato Brasileiro, o Santos vai enfrentar clubes que estão próximos à zona de rebaixamento (Joinville, Flamengo, Coritiba e Vasco). Para o técnico Dorival Junior, essa sequência significa um campeonato à parte - o Santos está na 17ª posição.

GONÇALO JUNIOR, Estadão Conteúdo

24 de julho de 2015 | 12h33

"O Campeonato Brasileiro não tem jogo simples, um jogo que você entre em campo sabendo que vai alcançar o objetivo. Você tem de estar concentrado em todas as rodadas. As surpresas acontecem frequentemente. Será uma sequencia complicada. Tem de fazer dessas quatro próximas rodadas um campeonato à parte", afirmou o treinador santista em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, no CT Rei Pelé.

A posição na tabela incomoda Dorival mesmo ainda no primeiro turno do Campeonato Brasileiro. "O sinal de alerta já foi ligado há muito tempo. Acho que o campeonato vai continuar nesse perde e ganha. Acho que o segundo turno apresenta um problema maior às equipes que estão perto da zona de rebaixamento. Espero que o Santos inicie uma recuperação", disse o treinador.

Para a partida de domingo, contra o Joinville, Dorival esperar que a equipe mostre a velocidade e variação de jogadas da vitória sobre o Sport, na última quarta-feira, pela Copa do Brasil. "Não vejo muita variação (entre um torneio e outro). Acredito que a equipe esteja se recuperando. As últimas atuações foram do mesmo nível. E em razão disso alcançamos dois bons resultados. Acho que a equipe vem começando a produzir dentro do que esperamos", avaliou o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCDorival Júnior

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.