Prudentópolis espera apoio de gremistas

Apesar de ser obrigado a jogar fora de casa em razão de não haver condições técnicas para transmissão do jogo contra o Internacional, pela Copa do Brasil, o Prudentópolis espera um bom número de torcedores nesta quarta-feira, às 21h45, no Estádio Olímpico, em Cascavel, distante 300 quilômetros. Colonizada por gaúchos, a cidade do oeste paranaense é dividida entre torcedores do Grêmio e do Internacional."Espero que os torcedores do Grêmio venham para torcer para nós e não apenas assistir ao jogo", disse o técnico Joel Costa.Vindo de uma goleada por 4 a 0, em casa, para o Maringá, o Prudentópolis estaria hoje rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Paranaense. Um trabalho motivacional foi feito, mostrando a importância de uma vitória sobre o Internacional. "O favorito é o Inter, mas nós vamos conscientes de que podemos ganhar", afirmou Costa.Segundo ele, jogar no Estádio Olímpico favorece o adversário, em razão de a torcida ficar longe. "O Inter está acostumado com isso", comentou."Mas se não acreditássemos nem iríamos para o jogo." O time do Prudentópolis deve jogar com Nei; Neto, Márcio e Robson; Boré, Ricardo, Messias, Dudu e Zé Maria; Torres e Edmilson.

Agencia Estado,

23 de março de 2004 | 15h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.