Geoffroy Van der Hassel/AFP
Geoffroy Van der Hassel/AFP

PSG confirma fissura e Neymar deve ficar pelo menos um mês afastado

Atacante tem lesão no quinto metatarso do pé direito e está fora do jogo contra o Real Madrid

O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2018 | 19h45

Após a realização de novos exames, o Paris Saint-Germain anunciou na noite desta segunda-feira o diagnóstico sobre a lesão do atacante Neymar. Se a temida fratura foi descartada, o clube informou que o craque brasileiro sofreu uma fissura no pé direito, o que o deixará fora de ação pelas próximas semanas e o fará perder o duelo diante do Real Madrid, pela Liga dos Campeões.

+ Cafu vê Neymar com mais obrigações no PSG e o projeta como craque do Mundial

Em rápido comunicado em seu site oficial, o PSG explicou que Neymar sofreu uma fissura no quinto metatarso do pé direito e ainda torceu a região ântero-externa do tornozelo na vitória do último domingo sobre o Olympique de Marselha, pelo Campeonato Francês. Na ocasião, o brasileiro pisou de mau jeito, caiu no gramado acusando muitas dores e precisou ser substituído, chorando muito.

Como é de praxe entre os clubes europeus, o Paris Saint-Germain não confirmou o tempo de afastamento previsto para Neymar. Porém, a ausência do jogador é certa para o duelo de volta das oitavas de final da Liga dos Campeões, contra o Real, dia 6 de março, na França. A tendência é que o retorno não aconteça antes de um mês.

Na manhã desta segunda, Neymar chegou a postar foto de seu tornozelo imobilizado nas redes sociais, com a legenda: "Terminou por hoje". Os primeiros exames que o jogador realizou no Hospital Americano, em Neuilly sur Seine, não mostraram qualquer fratura no local. Havia até a expectativa de que ele pudesse encarar o Real, mas a realização de novos exames confirmaram a gravidade da contusão.

Desta forma, Neymar se torna problema também para a seleção brasileira, que fará amistosos contra Alemanha e Rússia, nos dias 23 e 27 de março, respectivamente. O técnico Tite realizará a convocação para estes confronto na sexta-feira, e o atacante dificilmente estará em campo.

Outro que se tornou problema para o PSG e a seleção brasileira é o zagueiro Marquinhos. Também na vitória sobre o Olympique, o jogador sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda. Após a realização de exames, foi confirmada uma contusão de grau 1 no quadríceps, que também afastará o jogador das próximas partidas do clube francês.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.