Christof Stache/AFP
Christof Stache/AFP

PSG libera Neymar para vir ao Brasil resolver problemas particulares

Atacante se ausenta dos compromissos com o time francês e pode perder partida da próxima quarta-feira

O Estado de S. Paulo

09 de dezembro de 2017 | 21h07

O atacante Neymar, do Paris Saint-Germain, foi liberado pelo clube francês para viajar ao Brasil para resolver problemas particulares. A informação foi veiculada pela rádio francesa RMC. O jogador não enfrentou o Lille, neste sábado, por estar suspenso e não tem presença garantida no próximo compromisso do clube, quarta-feira que vem, contra o Strabourg, pela Copa da Liga Francesa.

+ Conheça os vencedores da Pesquisa Estado

+ Inter segura a Juventus e continua na liderança

Segundo a emissora, o atacante recebeu a autorização do Paris Saint-Germain para passar três dias no Brasil e embarcou na noite deste sábado. Sem a presença dele em campo, o time bateu o Lille por 3 a 1 no Parque dos Príncipes, gols de Di María, Pastore e Mbappé. A data do retorno de Neymar à França ainda não está confirmada.

O atacante tem 18 partidas e 15 gols pelo clube francês. O jornal L'Equipe publicou dias atrás que Neymar poderia permanecer no Brasil por vários dias. O Paris Saint-Germain tem mais três partidas até o calendário francês ser interrompido para o recesso de Natal e Ano Novo, que inicia dia 21. Os compromissos do time voltam em 2018 a partir do dia 6 de janeiro, contra o Rennes, pela Copa da França.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolParis Saint-GermainNeymar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.