PSG não libera Ronaldinho Gaúcho

A diretoria do Paris Saint-Germain avisou que não pretende negociar Ronaldinho Gaúcho, apesar da crise financeira que vem enfrentando. Segundo os dirigentes do PSG, a única possibilidade de liberar o jogador brasileiro é a partir de junho de 2003 - seu vínculo com o clube francês é até 2006. Algumas equipes européias já manifestaram o interesse na contratação do pentacampeão mundial, mas é a Inter de Milão quem realmente está na briga para contratá-lo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.