EFE
EFE

PSG terá de pagar R$ 4,3 bilhões para tirar CR7 do Real Madrid

Presidente do clube diz que só multa rescisória compraria jogador

O Estado de S. Paulo

10 de setembro de 2015 | 16h18

O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, afirmou a um programa da televisão espanhola que só liberaria o português Cristiano Ronaldo ao Paris Saint-Germain por 1 bilhão de euros (R$ 4,3 bilhões), valor da multa rescisória do atleta. O clube francês estaria disposto a tentar a negociação do jogador na janela de transferências da próxima temporada, após uma suposta tentativa fracassada na casa dos 150 milhões de euros (R$ 653 milhões).

Florentino explicou que sempre que o Real Madrid tem interesse em contratar um jogador, tem de pagar a multa rescisória ao time que detem seus direitos. "No caso do Cristiano, a multa é de 1 bilhão de euros. Se eles não pagarem esse valor, não o querem realmente", disse.

O atleta, de 30 anos, tem contrato com o Real Madrid até 2018.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.