PSG terá de indenizar adversário

A justiça francesa decidiu aplicar uma pena inédita ao Paris Saint-Germain (PSG). O clube terá de pagar uma indenização de US$ 20 mil à Previdência Social por um erro cometido por um de seus jogadores. Em outubro de 97, durante uma partida contra o Guingamp, pelo campeonato nacional, o jogador Paul le Guen, do PSG, quebrou a perna de Charles-Edouard Coridon, após uma entrada violenta. O Guingamp teve de recorrer à Previdência para custear o tratamento do jogador, que durou seis meses. Coridon - que hoje atua pelo Lens - recebeu cerca de US$ 7 mil de indenização.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.