Christian Hartmann/Reuters
Christian Hartmann/Reuters

PSG vai disputar duas finais na França com a presença de torcedores no estádio

Federação Francesa anunciou a data da decisão da Copa da França e da Copa da Liga Francesa

Redação, Estadão Conteúdo

26 de junho de 2020 | 10h54

A Federação Francesa de Futebol (FFF, na sigla em francês) confirmou nesta sexta-feira as datas das finais das duas copas nacionais da temporada. Em ambas o Paris Saint-Germain, declarado campeão do Campeonato Francês no mês passado, está presente. Pela Copa da França, no dia 24 de julho, no Stade de France, enfrentará o Saint-Étienne. Uma semana depois, no mesmo local, decidirá a Copa da Liga Francesa contra o Lyon.

De acordo com o presidente da FFF, Noël Le Graët, haverá a presença de público nestas partidas. Ela será limitada a no máximo cinco mil pessoas, mas o dirigente confia que poderá aumentar essa capacidade em mais 30% dependendo de uma decisão das autoridades sanitárias do país.

"A final da Copa da França será no dia 24 de julho e a da Copa da Liga Francesa no dia 31. Neste momento, estamos em cinco mil (torcedores autorizados a entrar no estádio). Mas faremos uma petição para conseguir a permissão de mais", disse Le Graët, nesta sexta-feira, em uma reunião por videoconferência da Assembleia Geral da FFF.

Além das copas nacionais, o Paris Saint-Germain também busca o título da Liga dos Campeões da Europa. Já eliminou o Borussia Dortmund nas oitavas de final e se prepara para a fase final da competição em Lisboa, capital de Portugal, a partir de 12 de agosto.

O brasileiro Neymar está na expectativa para o restante da temporada. "Esse período foi atípico, mas o principal foi manter a segurança com a mente e o corpo em dia. Estou pronto e empolgado para o retorno, pensando muito na Liga dos Campeões, claro. Nós temos um grupo forte, conseguimos uma classificação histórica para as quartas de final e agora é focar no objetivo. Treinei bastante nos últimos meses, com a mesma intensidade e dedicação, mas sinto falta do calor do jogo. Mal posso esperar para entrar em campo e, se Deus quiser, fazer história", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolParis Saint-Germain

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.