Psicóloga ajudará técnico da seleção

Além da nova comissão técnica, Luiz Felipe Scolari anunciou que continuará trabalhando com o auxílio da psicóloga Regina Brandão. Segundo o novo treinador da seleção brasileira, ele já vinha sendo orientado por esta psicóloga e isso será mantido. ?Vou conversar com ela pelo menos uma vez por mês e ela me orientará como lidar com os jogadores. Sou o psicólogo do grupo no dia-a-dia, mas não sou formado e preciso de uma ajuda profissional?, explicou Felipão.Mudança - O novo treinador da seleção ainda não definiu se irá deixar Belo Horizonte, para onde se mudou no ano passado, quando assumiu o Cruzeiro. Scolari disse que fica em Minas pelo menos até o final de julho, época das férias escolares, para não atrapalhar o estudo dos seus dois filhos. Depois, o mais provável é que ele se mude para São Paulo ou Porto Alegre. ?Para o Rio é mais difícil, pois é uma cidade que não conheço muito?, afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.