Punição compromete carreira de Barthez

O goleiro Fabien Barthez foi suspenso até o final do ano, por cuspir em um árbitro durante amistoso em fevereiro, o que pode encerrar seu ciclo na seleção francesa, pela qual foi campeão mundial em 1998. Ele pode voltar a jogar a partir do dia 15 de outubro, se converter o resto de sua pena em algumas ações voluntárias para melhorar a imagem do futebol, mas perderá mesmo assim as partidas finais da Eliminatória para a Copa de 2006.Aos 33 anos, Barthez tinha dito anteriormente que pensava em encerrar sua carreira após a disputa da Copa de 2006, na Alemanha. Mas com essa suspensão ele pode perder sua vaga na seleção e nem ter chance de ir ao Mundial. O seu provável substituto no time da França é Coupet, do Lyon.Barthez já tinha sido suspendido por 6 meses, mas a Federação Francesa de Futebol recorreu da decisão e conseguiu aumentar a pena. Tudo porque, num amistoso entre o Olympique de Marselha e o Wydad Casablanca, em fevereiro, no Marrocos, o goleiro cuspiu no árbitro marroquino Abdellah El Achiri durante uma confusão em campo.Titular da seleção francesa na conquista da Copa de 98, Barthez disse estar ?profundamente decepcionado? com a punição que lhe foi imposta. ?Mas lutarei com todas as forças para estar na Copa do Mundo?, garantiu o goleiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.