Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Punição de 2016 tira zagueiro Mina de estreia do Palmeiras na Libertadores

Colombiano terá de ficar fora da equipe por ter sido expulso em jogo no ano passado, pelo Cerro Porteño

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

01 de março de 2017 | 16h05

O Palmeiras não vai poder contar com o zagueiro Yerry Mina na estreia da Copa Libertadores, na próxima semana, contra o Atlético Tucumán, na Argentina. Como o defensor foi expulso na edição anterior do torneio, quando jogava pelo Independiente Santa Fé, terá de cumprir a suspensão automática agora e vai desfalcar a equipe paulista. O possível substituto será Edu Dracena.

Mina levou cartão vermelho na derrota por 1 a 0 para o Cerro Porteño, no Paraguai, na última rodada da fase de grupos da Libertadores do ano passado. O jogo selou a eliminação do time colombiano no grupo. Fora a equipe paraguaia, quem avançou às oitavas de final foi Corinthians. Mina levou o cartão aos 13 minutos da etapa final, quando o time já perdia o jogo.

O colombiano foi desfalque da equipe no jogo anterior, contra a Ferroviária, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista. A comissão técnica resolveu poupá-lo para evitar desgaste. Na ocasião, Edu Dracena foi o substituto do colombiano e deve ser novamente o escolhido para jogar na estreia na competição continental, na próxima quarta-feira.

Após cumprir suspensão, Mina poderá voltara à equipe na rodada seguinte. O segundo compromisso do Palmeiras na Libertadores é no dia 15 de março, quando recebe em São Paulo o Jorge Wilstermann, da Bolívia.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.