Punida pela Fifa, Etiópia fará jogo decisivo no Congo

Depois de ter sido punida, no início deste mês, com a perda de pontos relativos ao triunfo por 2 a 1 sobre Botsuana, no dia 8 de junho, pelas Eliminatórias Africanas para a Copa do Mundo de 2014, por causa da escalação de um jogador irregular, a Etiópia soube nesta quarta-feira que fará um duelo decisivo do qualificatório para o Mundial, contra a República Centro-Africana, no Congo, no próximo dia 7 de setembro.

AE-AP, Agência Estado

31 de julho de 2013 | 09h01

O jogo em questão valerá pela rodada final do Grupo A das Eliminatórias da África e estava inicialmente previsto para acontecer na República Centro-Africana, mas foi transferido pela Fifa para o Congo por razões de segurança naquele país, que vive um período de conflitos internos mais intensos depois que François Bozizé, ex-presidente daquele país, foi deposto.

No mês passado, a partida entre a República Centro-Africana e a África do Sul, também válida pelas Eliminatórias, foi realizada em Camarões também por motivo de segurança.

Atuando em campo neutro, a Etiópia precisa vencer para garantir a sua classificação para os playoffs que contarão com a presença de dez seleções africanas que lutarão por classificação ao Mundial. Antes de serem punidos pela Fifa, os etíopes haviam garantido vaga nestes playoffs, mas a escalação de Minyahile Beyene, que estava suspenso, fez a Fifa reverter o resultado positivo de 2 a 1 para uma derrota por 3 a 0 para Botsuana.

Faltando uma rodada para o encerramento do Grupo A das Eliminatórias Africanas, a Etiópia soma 10 pontos, dois a mais do que a África do Sul e três à frente de Botsuana, ambos ainda com chances de classificação. Na rodada final desta chave, no dia 7 de setembro, a África do Sul vai receber Botsuana, enquanto a seleção etíope pegará a já eliminada República Centro-Africana.

Com a punição aplicada aos etíopes, apenas Tunísia, Costa do Marfim, Egito e Argélia já estão classificados para os playoffs que definirão os cinco representantes africanos no Mundial que será realizado no Brasil.

Também nesta quarta-feira, a Fifa anunciou que o Senegal fará um duelo decisivo contra Uganda, pelo qualificatório para a Copa, em Marrocos, por causa de uma outra punição aplicada aos senegaleses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.