Puyol diz que ter Ronaldinho no Barcelona é uma honra

Jogador espanhol defende companheiro e diz que brasileiro está feliz em jogar pelo clube

Efe,

30 de outubro de 2007 | 13h20

O zagueiro espanhol Carlos Puyol, capitão do Barcelona, disse que ter o meia-atacante brasileiro Ronaldinho Gaúcho na equipe espanhola é uma honra. Em declarações publicadas no site do Barcelona, Puyol afirmou que foi criada uma polêmica em torno do jogador que não existe, porque Ronaldinho Gaúcho é muito importante para que a equipe possa conquistar títulos. Puyol comentou a má fase do brasileiro ao afirmar que nem sempre é possível jogar bem, mas destacou a atitude e o trabalho que o meia-atacante está realizando. O zagueiro acredita que o brasileiro está feliz em Barcelona, mas pode acabar sendo afetado pelas críticas, apesar de ter a equipe a seu lado. Puyol disse que qualquer clube gostaria de ter Ronaldinho Gaúcho no elenco e lembrou que o jogador é propriedade do Barça, que deve aproveitar ao máximo a sua presença.

Tudo o que sabemos sobre:
RonaldinhoFC BarcelonaCarlos Puyol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.