Albert Gea/Reuters
Albert Gea/Reuters

Quais são os craques que podem definir a 'Final 8' da Liga dos Campeões

Competição de tiro curto em Lisboa vai decidir quem ficará com o título da temporada 2020

Redação, O Estado de S.Paulo

12 de agosto de 2020 | 10h00

A partir desta quarta-feira, em Lisboa, a Liga dos Campeões recomeça com um novo formato, feito como adaptação ao impacto da pandemia do novo coronavírus. Os oito times restantes foram reunidos nas quartas de final na capital portuguesa em um formato apelidado de 'Final 8'. O primeiro jogo será entre Atalanta e Paris Saint-Germain, às 16h. Até o dia 23, as equipes vão definir os campeões em confrontos diretos únicos e o Estadão apresenta quais são os craques que podem decidir a competição.

Messi

Tetracampeão do torneio pelo clube catalão, o argentino tem agora uma responsabilidade extra. Como o Barcelona não conquistou títulos nesta temporada, depende do sucesso em Lisboa para ter ao menos uma taça. Messi fez um bom jogo contra o Napoli, nas oitavas de final, marcou um gol e sonha em repetir contra o Bayern de Munique o sucesso obtido em 2015. Pela semifinal o camisa 10 anotou duas vezes, com direito a um lindo drible em Boateng.

Luis Suárez

Com seis jogos e quatro gols nesta competição, o Barcelona depende do uruguaio para se manter vivo nesta competição. Suárez anotou nos dois últimos jogos do time (contra Alavés e Napoli) e confia na parceria com Messi. Os dois são amigos mesmo quando não estão em campo e costumam se visitar para jantarem juntos.

Lewandowski

O polonês do Bayern de Munique é o artilheiro da Liga dos Campeões com 13 gols e vive uma fase incrível nesta temporada. São 44 jogos e 53 gols.    Nos último oito compromissos de que participou o atacante marcou. Por isso a equipe alemã se torna uma das favoritas a voltar de Portugal com o título.

Thomas Müller

Grande parceiro de Lewandowski no Bayern de Munique, o alemão é um dos atletas do elenco com mais identificação com a torcida, afinal foi revelado pelo próprio clube. Muller é um dos poucos remanescentes da campanha do último título, em 2013, fez dois gols na Liga dos Campeões.

Neymar

O jogador do Paris Saint-Germain tem uma das grandes chances de conquistar o sonhado título continental pelo clube. Depois de cumprir suspensão nos primeiros jogos do time no torneio, Neymar anotou três vezes em quatro jogos. Depois de o time ter conquistado quatro títulos nesta temporada (Campeonato Francês, Copa da França, Copa da Liga e Supercopa), é a vez de buscar uma taça inédita.

De Bruyne

Um dos principais nomes do time do técnico Pep Guardiola, o meia belga tem 15 gols em 46 partidas nesta temporada. A visão de jogo e a distribuição de passes são o ponto forte para tanto o atleta como o clube conseguirem um título inédito em Portugal. 

Gabriel Jesus

Aos 23 anos e com mais de três anos na Europa, o atacante do Manchester City vive a temporada com mais gols na carreira desde que desembarcou na Inglaterra, em janeiro de 2017. O ex-palmeirense anotou 23 vezes em 52 jogos, com direito a ter sido decisivo nas oitavas de final, quando deixou o seu diante do Real Madrid. Nesta Liga dos Campeões o retrospecto dele é ainda mais positivo: sete partidas e seis gols.

Memphis Depay

O holandês de 26 anos é o grande destaque do Lyon, time francês que é uma das surpresas desta fase final. A equipe passou pela Juventus, de Cristiano Ronaldo, graças a um gol dele na partida de volta. Veloz e driblador, é um jogador importante para os contra-ataques da equipe e tem seis jogos e seis gols nesta edição do torneio.

Os ausentes

A principal baixa na fase final é Cristiano Ronaldo. O craque da Juventus poderia jogar a etapa decisiva em casa, no seu próprio país, mas viu o time ser superado pelo Lyon. A outra ausência sentida é do uruguaio Edinson Cavani. O contrato dele com o PSG terminou em 30 de junho e não houve acordo para prolongar o vínculo por mais um tempo. Por isso, o time francês não contará com um dos seus principais atacantes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.