Ricardo Moraes/Reuters
Ricardo Moraes/Reuters

Quarta de Libertadores: o que os brasileiros precisam para se classificar

Inter, Athletico-PR e Flamengo entram em campo para tentarem vaga nas quartas de final do torneio

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

31 de julho de 2019 | 11h15

A noite desta quarta-feira será de decisão na Copa Libertadores. Dos seis times brasileiros classificados para as oitavas de final, três deles decidem nesta quarta a vaga nas quartas de final da competição. Enquanto o Inter está em situação mais tranquila por ter vencido o confronto de ida, Athletico-PR e Flamengo vão jogar com a pressão de reverter derrotas sofridas na primeira partida.

O Estado preparou um resumo sobre a rodada de quarta-feira, com os resultados necessários para cada um dos times brasileiros conseguir avançar à fase seguinte. O único representante do País já garantido nas quartas de final é o Palmeiras. O Cruzeiro foi eliminado na noite de terça-feira pelo River Plate e o Grêmio, por sua vez, vai entrar em campo diante do Libertad apenas na quinta.

Inter

A equipe gaúcha joga no Beira-Rio às 19h15 contra o Nacional, do Uruguai. Como ganhou o jogo de ida por 1 a 0 com gol do peruano Guerrero, o time do técnico Odair Hellmann precisa de um empate para se classificar. Os adversários precisam da vitória. Caso consigam devolver o placar de 1 a 0, a decisão será nos pênaltis. Já se o Nacional conseguir vencer com dois gols ou mais no placar, estará classificado. O vencedor do confronto terá pela frente nas quartas de final quem ganhar o encontro entre Flamengo e Emelec, do Equador.

Flamengo

O Maracanã vai estar lotado para a partida das 21h30 contra o Emelec, do Equador. Na ida, o time equatoriano se aproveitou da uma atuação ruim do adversário, ganhou por 2 a 0 e abriu vantagem confortável. Agora, no Rio, a equipe do treinador português Jorge Jesus tem de vencer por três gols de diferença para avançar. Se a vitória for por 2 a 0, a disputa será nos pênaltis. O Emelec pode perder por um gol de desvantagem ou até mesmo por dois gols desde que consiga marcar uma vez no Maracanã (como, por exemplo, um 3 a 1 ou 4 a 2).  

Athletico-PR

O atual campeão da Copa Sul-Americana tem um compromisso complicado diante do Boca Juniors, em Buenos Aires, a partir das 21h30. Depois de perder o jogo de ida em Curitiba por 1 a 0 na última semana, o Athletico-PR precisa ganhar por dois gols de vantagem. Se devolver o placar de 1 a 0, vai decidir a vaga nos pênaltis. 

Por outro lado, a equipe pode avançar à fase seguinte até mesmo se vencer por um gol de vantagem. Isso será possível se marcar mais de um gol como visitante e conseguir placares como 2 a 1, 3 a 2, 4 a 3 e etc. Para o Boca Juniors, um empate dentro de casa já é suficiente para confirmar a classificação.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.