Fabrizio Giovannozi/AP
Fabrizio Giovannozi/AP

Quarta, Fiorentina vence e pressiona Milan no Italiano

Times lutam pela terceiro lugar, que dá vaga na fase prévia da Copa dos Campeões da Europa

AE, Agência Estado

12 de maio de 2013 | 12h32

FLORENÇA - A Fiorentina fez a sua parte neste domingo e deixou o Milan sob ainda mais pressão para o jogo contra a Roma, em casa, pela penúltima rodada do Campeonato Italiano, às 15h45 (horário de Brasília). Em casa, o time de Florença venceu o Palermo por 1 a 0, com gol de Luca Toni, aos 41 minutos, e entrou de vez na briga por uma vaga na próxima edição da Copa dos Campeões da Europa.

Com Juventus e Napoli já garantidos no torneio continental só está em disputa uma vaga, que está ficando com o Milan, terceiro colocado no Campeonato Italiano com 68 pontos. Mas a Fiorentina manteve a esperança de classificação ao vencer e chegar aos 67 pontos, na quarta colocação. Além disso, rebaixou o Palermo, 18º colocado com 32 pontos.

O Siena também sacramentou a sua queda no Campeonato Italiano neste domingo. Fora de casa, o time perdeu por 2 a 1 para o Napoli. O vice-campeão nacional triunfou de virada, com gols de Cavani, aos 17, e Hamsik, aos 48 minutos da etapa final. Grillo, aos 36 minutos do primeiro tempo, abriu o placar para o Siena.

A disputa pelas vagas do futebol italiano na próxima Liga Europa se acirrou neste domingo. A Udinese se manteve na zona de classificação, em quinto lugar, ao vencer o Atalanta por 2 a 1, e chegou aos 63 pontos. O triunfo também foi de virada. De Luca abriu o placar para a equipe de Bérgamo, aos 10 minutos do primeiro tempo, mas Di Natale deu a vitória ao time de Údine com gols aos 43 minutos da etapa inicial e aos sete do segundo tempo.

A Lazio segue na luta por uma vaga após vencer a Sampdoria, em casa, por 2 a 0, com gols de Floccari e Candreva. Assim, o time chegou aos 61 pontos, na sexta colocação. Também neste domingo, o Genoa ficou no 0 a 0 com a Inter de Milão em casa e Chievo e Torino empataram por 1 a 1 em Verona.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.