Quartas de final é a meta do México na Copa, diz técnico

Javier Aguirre acredita que tem à disposição a melhor geração de jogadores mexicanos da história

AE, Agência Estado

27 de abril de 2010 | 13h23

O técnico da seleção mexicana, Javier Aguirre, demonstrou otimismo com o desempenho de seus comandados na Copa do Mundo da África do Sul. Segundo ele, o objetivo é chegar, no mínimo, às quartas de final da competição que começa no dia 11 de junho.

Em entrevista concedida à revista espanhola Don Balón, Aguirre declarou que alcançar a melhor campanha do país na história dos mundiais, igualando às de 1970 e 1986, quando foi sede, "não é só mais um objetivo, mas sim uma obsessão para ele e para os jogadores".

"Acho que tenho à disposição a melhor geração de jogadores mexicanos da história. É uma geração vencedora, que não se entregará nunca, seja contra quem for", acrescentou o treinador.

Além da qualidade do elenco, Aguirre conta com o longo tempo de trabalho para realizar a sonhada campanha. O México já treina com 17 jogadores e espera os que atuam na Europa para finalizar a preparação.

"Ficaremos 60 dias trabalhando. É duro ficar longe da família por tanto tempo, mas todo mundo entende que o Mundial é a maior oportunidade profissional de um jogador, é a chance de representar seu país", declarou o técnico.

Os mexicanos estão no Grupo A da Copa do Mundo, ao lado de África do Sul, França e Uruguai, e participarão da abertura da competição, justamente contra os anfitriões, no dia 11 de junho.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa 2010MéxicoJavier Aguirre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.