Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Quarteto ofensivo do Corinthians é aprovado em 'estréia'

Técnico e jogadores gostam do esquema ofensivo apresentado diante da Ponte Preta, no Pacaembu

Martín Fernandez, Jornal da Tarde

21 de setembro de 2008 | 10h46

O "quadrado mágico" do Corinthians foi aprovado. Na primeira vez que Mano Menezes escalou juntos Douglas, Morais, Dentinho e Herrera, o Corinthians ganhou por 3 a 0 da Ponte Preta e os mais de 20 mil corintianos que enfrentaram o frio e a chuva no Pacaembu, no sábado, voltaram para casa felizes. Mano e os jogadores despejaram elogios ao novo esquema tático.Veja também: Brasileirão Série B - Classificação Brasileirão Série B - Resultado / Calendário Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Confira todos os detalhes da rodada no Território Eldorado Corinthians vence a Ponte Preta e amplia vantagem Morais comemora o primeiro gol pelo Corinthians"É um sinal de que estamos passando bem por um momento decisivo", declarou o treinador. "Gostei sobretudo da primeira parte, quando o jogo estava 0 a 0 e conseguimos criar boas situações e conter os avanços da Ponte. O Dentinho ainda precisa adquirir um pouco mais de ritmo, porque ficou quatro partidas sem atuar."O outro reparo do técnico é quanto à saída de bola. "Ainda precisamos fazer alguns ajustes ali no meio". Neste sábado, Carlos Alberto - segundo Mano o único volante do time - teve de sair no intervalo, ainda sentindo dores por causa da pancada que levou no jogo contra o Brasiliense. Em seu lugar entrou Bruno Octávio, que estava sem jogar havia quase seis meses devido a lesão grave no joelho."Ele ficou um período muito longo se recuperando e ainda vai sentir essa dificuldade de ritmo de jogo", afirmou Mano. "Às vezes você pensa que está absoluto na jogada, vem um outro jogador que está a mil por hora e rouba a bola. Quando o Carlos Alberto saiu, eu poderia ter colocado o Eduardo Ramos e recuado o Elias, mas preferi o Bruno, que é um especialista da posição."O meia Douglas, que voltou ao time após cumprir suspensão, elogiou o novo esquema. "Quando a marcação é forte, é ótimo ter jogadores de qualidade em volta", declarou. "É a primeira vez que a gente joga junto. E a qualidade fez a diferença. Perdemos muitas chances, mas fizemos uma boa vantagem, um placar justo."

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansBrasileirão Série B

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.