Quarto do Brasileiro deve ir à Libertadores

O Brasil ganhou nesta sexta-feira mais uma vaga para a disputa da Copa Libertadores da América de 2004, após uma assembléia realizada na sede da Conmebol, em Assunção, no Paraguai, em que o número de participantes foi aumentado de 32 para 36 clubes. Com a decisão, cinco equipes brasileiras passarão a representar o País na competição sul-americana. O destino da nova vaga ainda não foi decidido, de acordo com o diretor-técnico da Confederação Brasileira de Futebol, Virgílio Elísio.Mas, a tendência é a de que ela seja agraciada ao quarto colocado do Campeonato Brasileiro. Atualmente, os três primeiros do Nacional já garantem lugar na Libertadores, além do campeão da Copa do Brasil. "Terei que esperar a volta do presidente (da CBF, Ricardo Teixeira, presente à reunião na Conmebol), porque é ele quem decidirá o que faremos com essa vaga", afirmou o diretor-técnico. ?Ela ficar para o quarto colocado do Brasileiro é uma possibilidade, mas seria precipitação afirmar isso." Além do Brasil, a Argentina também terá cinco representantes (quatro vagas e uma reservada ao Boca Juniors, atual campeão). O México figurará com dois representantes e os demais países ficaram com três equipes. Para o próximo ano, os argentinos ganharão mais uma vaga, para ficar com cinco representantes fixos. Com isso, a competição de 2005 será formada por 37 clubes. O sistema de disputa obedecerá a seguinte regra: nove grupos de quatro equipes. Classificam-se à próxima fase os primeiros de cada grupo, mais os cinco melhores segundos colocados. O sorteio das chaves de 2004 acontecerá em novembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.