Quase rebaixado, Mogi Mirim contrata Toninho Cecílio de olho em 2016

A direção do Mogi Mirim anunciou na manhã desta sexta-feira a contratação do técnico Toninho Cecílio para a sequência da Série B. O treinador será o sexto a comandar o clube na temporada. Antes dele, passaram Edinho Nascimento, Ailton Silva, Sérgio Guedes, Geraldo Meira, de forma interina, e Márcio Goiano.

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2015 | 14h14

Toninho Cecílio foi contratado para iniciar o planejamento para a temporada 2016, mas não vai comandar o time na partida deste sábado diante do Ceará, que pode definir a queda do Mogi Mirim à Série C.

O time do interior paulista é o lanterna, com 22 pontos. Na última quinta-feira, a diretoria anunciou a dispensa de 11 jogadores para economizar recursos, ainda mais que os salários estão atrasados. Assim, o Mogi Mirim pode cair sob o comando de Geraldo Meira, técnico da equipe sub-20.

Ex-zagueiro e diretor do Palmeiras, Toninho Cecílio iniciou a carreira de treinador no Guaratinguetá. Passou ainda por Prudente, Vitória, São Caetano, Americana, Avaí, Paraná, Comercial e Criciúma, antes de chegar no XV de Piracicaba para a disputa do Campeonato Paulista deste ano.

Ele tirou o time da zona de rebaixamento e o levou às quartas de final do Paulistão, sendo eliminado pelo campeão Santos. Na Série B, dirigiu o ABC e foi demitido após perder as cinco partidas em que comandou o clube de Natal, também virtualmente rebaixado para a Série C.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolMogi MirimToninho Cecílio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.