Quase rebaixados, Tupi e Sampaio Corrêa só empatam em Minas

Equipes ocupam as últimas posições da Série B

Estadão Conteúdo

22 Outubro 2016 | 19h15

Em um duelo digno das duas piores campanhas do Campeonato Brasileiro da Série B, Tupi e Sampaio Corrêa empataram por 1 a 1, no Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora, neste sábado, pela 32.ª rodada. Os dois times caminham a passos largos à Série C de 2017.

Tupi e Sampaio Corrêa somam 27 pontos, sendo o time maranhense o lanterna por ter menos vitórias: 6 a 5. A dupla está a sete pontos do Oeste, primeiro time fora da zona de rebaixamento com 34 pontos. Faltando seis jogos para o término da competição, o descenso é eminente.

Pressionado por atuar em casa, o Tupi foi para cima do visitante e abriu o placar logo aos seis minutos. Após cobrança de escanteio de Luiz Pablo, a bola desviou na marcação e sobrou livre para o zagueiro Bruno Costa marcar.

O Sampaio Corrêa demorou a se encontrar em campo e quase viu os mineiros ampliarem o placar aos 22 minutos, quando o volante Marcos Serrato finalizou e por pouco não encobriu o goleiro Rodrigo Ramos.

Como pelo chão não estava dando certo, o Sampaio Corrêa apostou nas jogadas aéreas para empatar. E foi justamente assim que os maranhenses igualaram o marcador. Aos 34 minutos, a defesa mineira bateu cabeça e Thiago Santos, livre de marcação só escorou para as redes.

Com um jogador a mais, já que Rodolfo Mol foi expulso, o Sampaio Corrêa priorizou o toque de bola na etapa final. Apesar disso mostrou muita limitação técnica e ficou exposto aos contra-ataques do Tupi. Aos 41 minutos, o Sampaio Corrêa poderia ter feito o gol da vitória em cobrança de falta. Lucas Sotero chutou rente a trave do goleiro Rafael Santos.

O Tupi volta a campo no sábado para enfrentar o Vila Nova, às 21 horas, novamente no Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora. No mesmo dia o Sampaio Corrêa visitará o Paysandu, às 17 horas, no Mangueirão, em Belém.

FICHA TÉCNICA

TUPI 1 X 1 SAMPAIO CORRÊA

TUPI - Rafael Santos; Henrique, Rodolfo Mol, Bruno Costa e Luiz Paulo; Marcos Serrato (Hiroshi), Recife, Pedrinho (Vinícius Kiss) e Marcel; Jonathan e Giancarlo (Rodrigo Lobão). Técnico: Ricardinho.

SAMPAIO CORRÊA - Rodrigo Ramos; Éder Sciola, Wagner (Mimica), Heverton e Rafael Estevam; Diego Lorenzi, Gustavo Marmentini (Fernandinho), Daniel Barros (Pimentinha) e Lucas Sotero; Hiltinho e Thiago Santos. Técnico: Flávio Araújo.

GOLS - Bruno Costa, aos seis e Thiago Santos, aos 34 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Pedrinho e Marcel (Tupi); Heverton (Sampaio Corrêa).

CARTÃO VERMELHO - Rodolfo Mol (Tupi).

RENDA - R$ 4.470.

PÚBLICO - 245 pagantes.

LOCAL - Estádio Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG).

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.