Quatro clubes ainda brigam para 'pular' 3 primeiras fases da Copa do Brasil 2016

Na última rodada do Brasileirão São Paulo e Internacional ainda brigam pela vaga na fase preliminar da Copa Libertadores do ano que vem, mas não é só isso que estará em jogo no domingo. O Inter, assim como Sport, Santos e Cruzeiro, disputa a possibilidade de pular as três primeiras fases da próxima edição da Copa do Brasil e entrar direto nas oitavas de final.

Estadão Conteúdo

30 de novembro de 2015 | 20h24

Terão esse privilégio os cinco clubes que disputarem a Copa Libertadores e a equipe melhor classificada do Brasileirão que não estiver na competição sul-americana. Assim, estreia direto nas oitavas da Copa do Brasil o quinto colocado do Brasileiro, ou o sexto, no caso de o Santos ser campeão da Copa do Brasil 2015 e terminar o Nacional no G5.

Com 59 pontos, o São Paulo já tem esse privilégio garantido porque, se não se classificar à Libertadores, terminará em quinto. Nessa hipótese, Sport, Santos e Cruzeiro nem entram na briga. O Inter, com 57, depende só de si. Se vencer o Cruzeiro, pula três fases da Copa do Brasil.

O Sport, com 56, precisa ganhar da Ponte Preta, em Campinas, e torcer por um tropeço do Inter no Beira-Rio. O Santos, se não vencer a Copa do Brasil, depende de uma derrota do Inter e uma derrota ou empate do Sport, além de precisar ganhar em casa do Atlético-PR. Todos torcem para o São Paulo ficar com a vaga na Libertadores.

Já o Cruzeiro tem a situação mais complicada. Precisa vencer o Inter em Porto Alegre e torcer por tropeços do Santos (ou título na Copa do Brasil) e do Sport.

Não há mais disputa por vagas na Copa Sul-Americana no Brasileirão, uma vez que a classificação para o torneio continental depende de eliminação antes das oitavas da Copa do Brasil. Dos eliminados, os seis melhores classificados no Brasileirão 2015 poderão jogar a Copa Sul-Americana.

Nos últimos dois anos, todos os times que não foram rebaixados ficaram dentro da linha de corte para jogar a Sul-Americana. Em 2015, o último classificado foi a Ponte Preta, segunda na Série B de 2014 - os times que subiram na Série B têm prioridade sobre os que caíram na Série A. Não ano anterior, a última vaga ficou com o Fluminense, 15.º no Brasileiro de 2013. Já em 2013, a sexta vaga foi do Criciúma, vice da Série B anterior.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoCopa do Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.